Anuncie aqui no TW! Clique e saiba mais.

28 de mai de 2010

6 Contos Modernos: Branca de Neve

Contos Modernos



Branca de Neve

Era uma vez uma madrasta muito convencida, e chapada.
Um dia ela tomou uma borracheira, e falou com o espelho:
"Espelho espelho meu, existe alguma perua mais linda do que eu?"
E o espelho respondeu que sim!
"Branca de Neve" - Disse o espelho
Branca de neve, era a menina albina, da qual a madrasta, obviamente era madrasta.
A madrasta tinha inveja porque branca de neve tinha um batom muito foda importado que deixavam seus lábios vermelhos como pétalas de rosa e parecidos com os da Angelina.. e tinha um prada MARAVILHOSHO de dar inveja a qualquer um, e resolveu acabar ca buaty da branquela.
Mandou o Carlão levar ela pra floresta, e dar um trato nela !
Carlão levou ela até la, mas como... digamos assim, ela não fazia o tipo dele (ele preferia mais altos, e com peitos cabeludos, rs parei :X) ele deixou ela lá, vagando feito uma alma do além pela floresta.
A brancolete achou uma casa, no meio da floresta. Como não viu ninguém, resolveu arrombar.
Lá dentro percebeu que todas as coisas eram pequenas, e então pensou: "O que uma creche faz aqui?" o.O
Não achou nada de valioso pra roubar e então resolveu dormir.
Como ela era muito egoísta, juntou as 7 camas que achou por lá, e dormiu encima delas.
De repente ela acordou rodeada de pimpolhos !
Levou um susto, mas viu que eles eram burrinhos e se aproveitou da situação. 
Além de fazer maior suruba com os nanicos, ainda fazia eles de escravos!
Um dia a madrasta fez outra borracheira, e falou com o espelho novamente! (na verdade era com a vizinha fofoqueira, mas naquele estado, uma vizinha e um espelho não tem muita diferença), e descobriu que a albina tava viva ainda e morando numa creche.
Ela então se disfarçou de vendedora de maçãs, e bateu a porta da creche da branca.
Branca de neve, que tem os olhos maiores que o cérebro (literalmente) quando viu aquelas maçãs, pegou e comeu !
Nem se lembrou que tinha problemas intestinais
Foi só dar uma mordida, que correu pro trono se cagando...
Cagou tanto, que acabou desmaiando desidratada
Os pimpolhos chegaram do trabalho, e acharam ela lá estaquiada, feito 2 de paus
E não aguentando o cheiro de merda pegaram a branca de neve e colocaram pra fora.
O cheiro era tão forte que tiveram que construir uma cama cercada de vidro pra não espalhar o fedor pela floresta
Um dia um jovem adolescente com os hormônios em alta passou por la, e viu aquela linda menina arreganhada no chão, e resolveu se aproveitar
Chegou lá, e como a merda ja tinha secado, e não fedia mais... CRÉÉÉUUU
A albina, que não era burra nem nada, acordou e fez a festa, mas os dois esqueceram da camisinha, e tiveram um filho
Então o pai do guri deu uma sova de laço nele, e obrigou ele a se casar com ela, e eles vivem felizes para sempre, com seus 12 filhos, e 3 netos *-*
FIM *-*

6 goles:

Pequi Venenoso disse...

hasushushushuhushusahasuhasuashua boa tia! vc daria uma boa contadora de histórias!! kkkkkkk

Mariane Morais disse...

Adoreiiii *---*
riiimtooo EHOIAHOIEH

Anônimo disse...

VAI TE FUDER FDP

Anônimo disse...

HAHAHAH AMEI

Anônimo disse...

ESCREVE MAIS CONTOS, TIA *--*

@_FeerAlves disse...

Minha mãe não me contou essa história =/ só a Tia mesmo pra contar contos bons *-*

Postar um comentário