Anuncie aqui no TW! Clique e saiba mais.

25 de jan de 2011

2 Krakatoa - O dia em que o mundo explodiu

A ilha de Krakatoa (Krakatau em indonésio) ficava no estreito de Sunda, entre as ilhas de Sumatra e Java, na Indonésia. Na ilha havia um vulcão com o mesmo nome, no monte Perboewatan, que era considerado extinto.

Mas não era bem por aí... no dia 27 de Agosto de 1883 a ilha simplesmente desapareceu do mapa quando o vulcão entrou em erupção. É considerada a erupção vulcânica mais violenta que o homem moderno já testemunhou.

A sucessão de erupções e explosões durou 22 horas e o saldo foi de mais de 36 mil mortos. Sua explosão atirou pedras a aproximadamente 27 km de altitude.


Acredita-se que o som da última grande explosão foi o mais intenso já ouvido na face da Terra e reverberou pelo planeta ao longo de nove dias. Todos os que se encontravam em um raio de 15 km do vulcão tiveram seus tímpanos rompidos. O estrondo foi ouvido a cinco mil quilômetros, na ilha de Rodrigues, tendo os habitantes ficado surpresos, supondo significar uma batalha naval. O barulho da explosão também pode ser ouvido da Austrália, Filipinas e Índia.

Provavelmente a tsunami mais destrutiva registada na história originou-se da explosão do vulcão Krakatoa, em uma série de quatro explosões que espalharam cinzas pelo mundo e geraram uma onda sentida nos oceanos Atlântico e Pacífico.


Os efeitos atmosféricos da catástrofe, como poeira e cinzas circundando o globo, causaram estranhas transformações na Terra, como súbita queda de temperatura e transformações no nascer e pôr do Sol por aproximadamente 18 meses e levando até anos para voltar ao normal. Todas as formas de vida animal e vegetal da ilha foram destruídas. Por causa das explosões, vários tsunamis ocorreram em diversos pontos do planeta. Perto das ilhas de Java e Sumatra, as ondas chegaram a mais de 40 metros de altura.

A cratera do vulcão era monstruosa, possuía aproximadamente 16 km de diâmetro. O vulcão não parou de cuspir lava e houve ainda outras erupções durante todo o ano. Antes da erupção, a ilha possuía quase dois mil metros de altitude, mas após a erupção a ilha foi riscada do mapa, tendo-se um lago formado na cratera do vulcão, onde hoje vivem várias espécies de plantas e pássaros.


Atualmente, na região da cratera, há uma nova formação rochosa em andamento chamada Anak Krakatau (filho de Krakatoa ou Krakatau em indonésio), que já possui mais de 800 metros de altura, sendo que a cada ano aumenta cinco metros aproximadamente. Cientistas afirmam que a nova formação pode ser ainda muito mais poderosa que o antigo Krakatoa. Com a antiga explosão, os três montes foram transformados em um só, criando uma caldeira que chega a 50 km subterrâneos. Um gigantesco depósito de lava.

2 goles:

@Fernando_hca disse...

=O

Doga Andrade disse...

Interessante!

Postar um comentário